Irmãs gêmeas estão grávidas juntas
Matéria via DS / Postado dia 11-07-2018

Elas dividiram a mesma barriga, o mesmo útero e a mesma placenta. Também dividem a mesma profissão e o amor pela farda. Agora, as irmãs gêmeas e policiais militares Mariane dos Santos Zarbato e Mariele dos Santos Zarbato, de 30 anos (completados na última semana), compartilham a maior experiência da vida delas: as duas estão grávidas, com uma diferença de pouco mais de cinco semanas cada uma.

Gêmeas idênticas, as duas têm uma ligação que vai além dos traços físicos, segundo Mariane. “É algo inexplicável o que temos. Realmente é muito intenso, é uma ligação muito forte e muito boa”, diz. “E, agora, nossa gravidez praticamente juntas parece ser mais um exemplo da nossa ligação”, conta Mariane, que está grávida de 24 semanas de Lorenzo – Mariele está grávida de 30 semanas, de Cecília. 

Para a família, a surpresa em dose dupla novamente veio como mais um presente. “Somos as únicas filhas, e agora nossos filhos serão os primeiros netos. E chegarão praticamente juntos. É como se meus pais fossem ter novamente filhos gêmeos, neste caso, netos”, comenta. 

Mariane diz que a Mariele já estava planejando a gestação e 20 dias depois de descobrir que estava grávida, foi a vez dela mesmo ser surpreendida. “A minha gravidez não estava sendo planejada, foi uma surpresa, mas uma linda surpresa. E agora estamos duplamente felizes e unidas, como sempre”, ressalta.

Mariane diz que elas nunca imaginaram que seriam mães praticamente ao mesmo tempo e estão adorando esta situação. “Não sei se foi coincidência ou é mais um sinal da nossa ligação intensa, diferente, inexplicável. Nós duas já dividimos tanto os mesmos sonhos e agora dividir o maior deles é realmente emocionante”, reforça.


Ligação forte e mesmos sonhos

Elas cursaram a mesma faculdade, são formadas em Ciências Contábeis, e resolveram dividir o mesmo sonho: ser PM. Mariele ingressou primeiro, em 2013. Em 2015, abriu um novo concurso e Mariane se dedicou muito e conseguiu ficar bem classificada. Em Santa Catarina, as vagas femininas para a instituição são de 6% para mulheres somente. Para elas, a ligação de irmãos gêmeos é diferente. “Temos um amor muito grande uma pela outra e sempre fomos muito amigas, parceiras”, afirma Mariane. As duas não moram na mesma cidade, Mariane mora em Gravatal e Mariele, em Tubarão. 

Também trabalham em municípios diferentes, Orleans e São Ludgero, respectivamente. “Mas mesmo assim, não passamos um dia sem nos falar. É inexplicável o que sentimos”, conclui Mariane.



Veja Também
Vasco demite Jorginho após apenas dez partidas
Hercílio Luz terá escolinha de futebol em Capivari

Com a intenção de fortalecer as categorias de base no ano do centenário, o Hercílio Luz oficializou ontem sua primeira escolinha de futebol fora de Tubarão. Ela ficará em Capivari de Baixo, e faz parte de um projeto que pretende levar escolinhas a todas as cidades da região.

O Núcleo Capivari de Baixo, como é chamado pelo clube, funcionará junto da Kapiva Soccer. A empresa é de propriedade da família Stang, e já tem uma escolinha para meninos com idade entre seis e 14 anos em funcionamento há quatro anos. A coordenação e administração são feitas por Ricardo e Lucas Stang.

Com a parceria com o clube de Tubarão, a intenção é que os meninos tenham uma oportunidade a mais, passando a integrar, depois, o time Sub-15 do Hercílio Luz.

De acordo com a diretoria, o projeto é o primeiro passo para o novo ciclo do Hercílio Luz, que quer investir forte nas bases e tornar o clube e a região uma referência na formação de atletas. O treinador do time será o professor Muriel Foizer. 

Para marcar a oficialização da Escolinha Hercílio Luz FC - Núcleo Capivari de Baixo, um jogo amistoso será realizado no dia 18 de agosto, às 11h. Ainda neste ano, a meta é abrir outros núcleos na Amurel. Neste primeiro momento, Pescaria Brava, Gravatal e Laguna são possibilidades.

Criada a semana de humanização do parto
Tubarão Futsal joga hoje com o Concordia