Psicólogo atenderá família em luto
Matéria via DS / Postado dia 13-06-2018

Sensibilizado após o acidente que vitimou uma criança de um ano e sete meses, em Braço do Norte, na segunda-feira, o psicólogo Ederbal Forest da Silva resolveu ajudar. O profissional disponibilizará atendimento gratuito aos pais da menina, para que possa ajudar no processo de luto que ambos passarão.

De acordo com o profissional, todos podem ajudar pessoas que passam por situações difíceis como esta. “A psicologia também pode contribuir. No meu caso, como psicólogo, já atendi de forma voluntária, na enchente de Blumenau, em 2008, familiares e amigos das vítimas. Também fui voluntário em Chapecó, atendendo familiares e amigos das vítimas da tragédia com o avião”, conta Ederbal. 

“A psicoterapia pode ajudar a superar o luto, para que este luto não se torne um trauma, evitando sequelas psicológicas. Eu quero ajudar esta família apenas para contribuir com meu papel social”, fala Ederbal. O acidente que vitimou a criança aconteceu na localidade de Pinheiral, quando ela foi atingida pelo trator que era conduzido pelo pai.



Veja Também
Debutantes: dez meninas realizam um sonho
Jean retorna ao Peixe após empréstimo
Leão recebe o Flu e busca a terceira vitória seguida
Incêndio atinge empresa de Orleans

Um incêndio em uma empresa de Orleans mobilizou bombeiros da região. O fogo teve início na manhã de ontem. Inicialmente, diversas guarnições foram acionadas, pois o incêndio seria de grandes proporções. Então, se deslocaram a Orleans apoios de Tubarão, Urussanga, Braço do Norte e Criciúma.

O fogo não chegou a se espalhar como o previsto, e por isso não foi necessário o uso de todo o apoio. Dois caminhões-pipa da própria empresa foram usados para que o fogo não se alastrasse. Conforme informações, as chamas iniciaram no setor de pintura e passaram pelo exaustor, que dá vasão ao cheiro. 

O incêndio começou por volta das 11h, e não houve feridos. Apenas uma parte do telhado do galpão e o próprio exaustor foram danificados. O fogo teria iniciado, conforme os bombeiros, no momento em que o eletricista realizava a retirada da fiação do exaustor. O galpão possui uma área de aproximadamente 792 metros quadrados, e somente 1% foi queimado.