Representantes de partidos analisam cenário eleitoral
Matéria via DS / Postado dia 16-05-2018

Enquanto as convenções – marcadas para agosto – não têm início, os partidos políticos na região se movimentam para lançar nomes de pré-candidatos aos cargos de deputados estadual e federal, senador e governador. Alguns nomes conhecidos e outros que são novidade estão aparecendo no cenário político e ganham engajamento dos correligionários.

O presidente do MDB em Tubarão, Gustavo Gimi Santos Cláudio, afirmou que o diretório municipal dará apoio aos pré-candidatos Volnei Weber para deputado estadual e Edinho Bez para federal. Mas, segundo ele, o partido tem uma ressalva: respeitar as lideranças que já se comprometerem com outros candidatos.

Segundo Gustavo, a movimentação já está bastante grande entre os filiados, e a expectativa é boa. “Para o governo do Estado, aguardamos a decisão do partido, que tem como nomes Mauro Mariani e Eduardo Pinho Moreira. Quem for escolhido, iremos abraçar a causa”, pontua. 

No PSDB, o presidente Carlos Stüpp diz que ainda não existe uma definição, mas o partido está trabalhando com a possibilidade de lançar candidatos de Tubarão e região. “Mas ainda não temos nomes confirmados”, afirma. “Mas a decisão do partido é valorizar o voto da Amurel, lançando candidato da região, pois a quantidade de votos é muito grande e temos nomes de peso aqui”, destaca.

Stüpp diz que ainda está sendo aguardado o encaminhamento da executiva do partido para serem definidos alguns nomes e também quem será o candidato ao governo e Senado que será apoiado. “Ainda é cedo para qualquer definição. Em julho, já teremos um cenário mais claro para as convenções. Por enquanto, muita coisa ainda será modificada, e nomes seguem indefinidos”, comenta. 

Para o Progressistas, o nome aprovado para concorrer a deputado estadual é o do vereador tubaronense Pepê Collaço. Jorge Boeira é o nome escolhido como pré-candidato a deputado federal. “Pela quantidade de emendas destinadas a Tubarão através de Boeira, o partido sente a obrigação de dar este respaldo”, destaca o presidente do Progressistas em Tubarão, Marcelo Ribeiro. 

Segundo Marcelo, a falta de representatividade da região é latente. “É visível e preocupante, e precisamos mudar esta situação. Temos votos suficientes para ter representatividade. É preciso mais conscientização da população para a importância do voto”, pontua.


Período pré-campanha ainda é de aquecimento

As eleições acontecem em 7 de outubro, e até 15 de agosto todos os nomes estarão registrados. Para os partidos, o momento ainda é de aquecimento para o período eleitoral que se aproxima.

Claudemir da Rosa, presidente do PT em Tubarão, diz que o partido trabalha com o nome de quatro pré-candidatos a deputado estadual: o ex-prefeito Olavio Falchetti e o professor Sebastião dos Reis, de Tubarão, Leonardo Pickler Rohling, de Braço do Norte, e Leandro Fernandes Gomes, de Treze de Maio. Para deputado federal, os nomes mais cotados não são da região, segundo ele, e são Pedro Uczai e Dirceu Dresch.

Já para o Senado, a grande aposta, segundo Claudemir, é o nome do tubaronense recém-filiado ao partido Lédio Rosa de Andrade, desembargador aposentado. “E para o governo, estamos trabalhando com a possível candidatura de Décio Lima e Ideli Salvatti para vice”, revela. 

De acordo com o presidente do PSD em Tubarão, Luciano Menezes, o partido ainda está se aquecendo, e até o final do mês as coisas tendem a ficar mais claras. A princípio, alguns nomes aparecem em alta, como o de Júlio Garcia para deputado estadual e Ricardo Ghidi para federal.
Luciano ainda destaca que o nome de Raimundo Colombo para o Senado e de Gelson Merisio para o governo são os mais cotados a receberem o apoio coletivo do partido. 

No PPS, Tubarão não terá nenhum candidato, segundo o seu presidente, Flávio Alves. “Estamos aguardando a posição do diretório em nível estadual para definirmos nosso apoio. Alguns fatos novos também devem surgir”, avalia.

Já o nome do vereador Lucas Esmeraldino, do PSL, é definido no partido para ser candidato ao Senado. Segundo ele, a movimentação no partido é grande e a meta é abrir 150 diretórios municipais no Estado. “Em Tubarão, a executiva provisória será montada no dia 9 de junho”, diz. O nome de Filipe Estevão, de Capivari de Baixo, também deve ser lançado para deputado estadual. Demais nomes ainda não foram definidos, à exceção do candidato a presidente da República Jair Bolsonaro.

PRAZOS

Convenções Partidárias
Os partidos e coligações podem escolher seus candidatos aos cargos de presidente, governador, senador, deputado federal e deputado estadual entre os dias 20 de julho e 5 de agosto.

Registro da Candidatura
15 de agosto é a data limite para os partidos e coligações registrarem seus candidatos na Justiça Eleitoral.

Propaganda Eleitoral

A propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão inicia em 31 de agosto e termina no dia 4 de outubro. Os debates e comícios também só podem acontecer até esta data. 
O período da propaganda eleitoral inicia em 16 de agosto. A divulgação paga, na imprensa escrita, de propaganda eleitoral, e a reprodução, na internet, de propaganda eleitoral termina no dia 5 de outubro. No dia 6 de outubro se encerra a distribuição de material gráfico, as passeatas e a propaganda eleitoral com som.



Veja Também
Cão PM recebe certificação internacional
Quarta será dia de música em Laguna
Hercílio Luz e Brusque ficam em 0 a 0
Casa é destruída em incêndio

Enquanto as convenções – marcadas para agosto – não têm início, os partidos políticos na região se movimentam para lançar nomes de pré-candidatos aos cargos de deputados estadual e federal, senador e governador. Alguns nomes conhecidos e outros que são novidade estão aparecendo no cenário político e ganham engajamento dos correligionários.

O presidente do MDB em Tubarão, Gustavo Gimi Santos Cláudio, afirmou qu

leia mais ...