Representantes de partidos analisam cenário eleitoral
Matéria via DS / Postado dia 16-05-2018

Enquanto as convenções – marcadas para agosto – não têm início, os partidos políticos na região se movimentam para lançar nomes de pré-candidatos aos cargos de deputados estadual e federal, senador e governador. Alguns nomes conhecidos e outros que são novidade estão aparecendo no cenário político e ganham engajamento dos correligionários.

O presidente do MDB em Tubarão, Gustavo Gimi Santos Cláudio, afirmou que o diretório municipal dará apoio aos pré-candidatos Volnei Weber para deputado estadual e Edinho Bez para federal. Mas, segundo ele, o partido tem uma ressalva: respeitar as lideranças que já se comprometerem com outros candidatos.

Segundo Gustavo, a movimentação já está bastante grande entre os filiados, e a expectativa é boa. “Para o governo do Estado, aguardamos a decisão do partido, que tem como nomes Mauro Mariani e Eduardo Pinho Moreira. Quem for escolhido, iremos abraçar a causa”, pontua. 

No PSDB, o presidente Carlos Stüpp diz que ainda não existe uma definição, mas o partido está trabalhando com a possibilidade de lançar candidatos de Tubarão e região. “Mas ainda não temos nomes confirmados”, afirma. “Mas a decisão do partido é valorizar o voto da Amurel, lançando candidato da região, pois a quantidade de votos é muito grande e temos nomes de peso aqui”, destaca.

Stüpp diz que ainda está sendo aguardado o encaminhamento da executiva do partido para serem definidos alguns nomes e também quem será o candidato ao governo e Senado que será apoiado. “Ainda é cedo para qualquer definição. Em julho, já teremos um cenário mais claro para as convenções. Por enquanto, muita coisa ainda será modificada, e nomes seguem indefinidos”, comenta. 

Para o Progressistas, o nome aprovado para concorrer a deputado estadual é o do vereador tubaronense Pepê Collaço. Jorge Boeira é o nome escolhido como pré-candidato a deputado federal. “Pela quantidade de emendas destinadas a Tubarão através de Boeira, o partido sente a obrigação de dar este respaldo”, destaca o presidente do Progressistas em Tubarão, Marcelo Ribeiro. 

Segundo Marcelo, a falta de representatividade da região é latente. “É visível e preocupante, e precisamos mudar esta situação. Temos votos suficientes para ter representatividade. É preciso mais conscientização da população para a importância do voto”, pontua.


Período pré-campanha ainda é de aquecimento

As eleições acontecem em 7 de outubro, e até 15 de agosto todos os nomes estarão registrados. Para os partidos, o momento ainda é de aquecimento para o período eleitoral que se aproxima.

Claudemir da Rosa, presidente do PT em Tubarão, diz que o partido trabalha com o nome de quatro pré-candidatos a deputado estadual: o ex-prefeito Olavio Falchetti e o professor Sebastião dos Reis, de Tubarão, Leonardo Pickler Rohling, de Braço do Norte, e Leandro Fernandes Gomes, de Treze de Maio. Para deputado federal, os nomes mais cotados não são da região, segundo ele, e são Pedro Uczai e Dirceu Dresch.

Já para o Senado, a grande aposta, segundo Claudemir, é o nome do tubaronense recém-filiado ao partido Lédio Rosa de Andrade, desembargador aposentado. “E para o governo, estamos trabalhando com a possível candidatura de Décio Lima e Ideli Salvatti para vice”, revela. 

De acordo com o presidente do PSD em Tubarão, Luciano Menezes, o partido ainda está se aquecendo, e até o final do mês as coisas tendem a ficar mais claras. A princípio, alguns nomes aparecem em alta, como o de Júlio Garcia para deputado estadual e Ricardo Ghidi para federal.
Luciano ainda destaca que o nome de Raimundo Colombo para o Senado e de Gelson Merisio para o governo são os mais cotados a receberem o apoio coletivo do partido. 

No PPS, Tubarão não terá nenhum candidato, segundo o seu presidente, Flávio Alves. “Estamos aguardando a posição do diretório em nível estadual para definirmos nosso apoio. Alguns fatos novos também devem surgir”, avalia.

Já o nome do vereador Lucas Esmeraldino, do PSL, é definido no partido para ser candidato ao Senado. Segundo ele, a movimentação no partido é grande e a meta é abrir 150 diretórios municipais no Estado. “Em Tubarão, a executiva provisória será montada no dia 9 de junho”, diz. O nome de Filipe Estevão, de Capivari de Baixo, também deve ser lançado para deputado estadual. Demais nomes ainda não foram definidos, à exceção do candidato a presidente da República Jair Bolsonaro.

PRAZOS

Convenções Partidárias
Os partidos e coligações podem escolher seus candidatos aos cargos de presidente, governador, senador, deputado federal e deputado estadual entre os dias 20 de julho e 5 de agosto.

Registro da Candidatura
15 de agosto é a data limite para os partidos e coligações registrarem seus candidatos na Justiça Eleitoral.

Propaganda Eleitoral

A propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão inicia em 31 de agosto e termina no dia 4 de outubro. Os debates e comícios também só podem acontecer até esta data. 
O período da propaganda eleitoral inicia em 16 de agosto. A divulgação paga, na imprensa escrita, de propaganda eleitoral, e a reprodução, na internet, de propaganda eleitoral termina no dia 5 de outubro. No dia 6 de outubro se encerra a distribuição de material gráfico, as passeatas e a propaganda eleitoral com som.



Veja Também
Gravatal comemora medalhas no JASC
Com cinco gols em dois jogos, Conrado comemora fase do Leão
Gravatal comemora medalhas no JASC
Candidatos do PT apresentam propostas na CDL