Banco de estágios ocorre amanhã
Matéria via DS / Postado dia 16-04-2018

O Banco de Estágios e Empregos (BEM) promovido pela Unisul, com o patrocínio da Costa Sul Urbanismo, uma empresa do Grupo Lumis, contará com 40 estandes de empresas e entidades parceiras. O evento ocorre amanhã, das 13h30 às 21h30, no Espaço Integrado de Artes, na Unisul de Tubarão. 

Durante o evento serão oferecidas 18 palestras e oficinas, coordenadas por professores e profissionais do mercado. O evento é gratuito, aberto ao público e não requer inscrições prévias para os candidatos. As vagas para as palestras e oficinas são limitadas e serão preenchidas pela ordem de chegada nas salas. 

É interessante que os candidatos levem seus currículos, para apresentarem às empresas. Aqueles que ainda não possuem currículos formais poderão receber orientações de como produzi-los: durante o evento ou até mesmo em casa, para posterior entrega.

Na primeira edição do BEM, a acadêmica de Relações Internacionais da Unisul Mayara Mendes Rodrigues foi em busca de uma nova oportunidade de estágio, e conseguiu. “Meu contrato de estágio estava acabando e eu não sabia se ia ser renovado. Por isso deixei meu currículo no estande da GAM. No dia seguinte, o RH da GAM ligou perguntando se eu tinha interesse em fazer uma entrevista. No mesmo dia, me ligaram dizendo que meu currículo havia sido selecionado”, relata Mayara. Em menos de uma semana Mayara já estava estagiando no setor de Marketing da GAM.

A Trier Sistemas recebeu inúmeros currículos e conseguiu montar um banco de profissionais. Na edição do ano passado, a empresa realizou cinco contratações. Conforme a auxiliar de Recursos Humanos da Trier Sistemas, Rafaela Martins de Souza, após o BEM, as contratações foram para a área de atendimento ao cliente: um menor aprendiz e quatro profissionais, sendo que, destes profissionais, um é portador de necessidade especial.



Veja Também
Arma é apreendida dentro de veículo após abordagem em festa
Karateca tubaronense disputa Sul-Americano

Ontem, Nícolas de Souza viajou mais uma vez para defender as cores do país em uma competição internacional. O jovem karateca disputa pelo terceiro ano consecutivo o Sul-Americano da modalidade com a Seleção Brasileira, e acumula ótimos desempenhos, além de experiências muito importantes.

Aos 12 anos, Nícolas garantiu a vaga com a idade mínima para fazer parte da seleção e ainda comemorou o título de campeão. Aos 13, mais uma vez representando o Brasil na competição, foi o vice-campeão de sua categoria. Agora, com 14, segue mais uma vez em busca do pódio.

“É com muito orgulho que tenho a honra de poder representar meu país em mais um evento internacional. Estou muito feliz, pois é o meu terceiro ano consecutivo na Seleção Brasileira. Treinei muito e estou preparado para fazer o meu melhor”, revela.

“Aproveito para agradecer o apoio e a torcida de todos que estão sempre comigo. Sem a participação de todos os envolvidos, isso não seria possível”, ressalta Nícolas.

O Sul-Americano ocorre de hoje até domingo, em Guayaquil, no Equador, e reúne atletas nas disputas das categorias Sub-14, Cadete, Júnior, Sub-21 e Sênior. “As expectativas para este campeonato são boas, porém disputo uma categoria diferente e pode ter sempre surpresas. No entanto, darei meu máximo para representar bem meu país em mais um campeonato deste nível”, finaliza Nícolas.

Mulher precisa de ajuda para tratamento de câncer

A dona de casa Mércia Carvalho, de Gravatal, está precisando de ajuda. Com câncer no fígado e sem condições financeiras para arcar com o tratamento, ela precisa da colaboração de todos para continuar vivendo. O marido, Genésio, precisou parar de trabalhar para ajudar a esposa em seu tratamento.

Uma rede de solidariedade se formou nas redes sociais para tentar minimizar a dor de Mércia e sua família. O marido está afastado do trabalho há 14 meses, em busca da cura para sua esposa, e para ajudá-la em tudo o que precisa, já que a doença está em um estágio avançado. 

Mércia precisa tomar vitaminas e medicamentos importados contra o câncer, e não possui condições financeiras. Amigos da família contam que ela já ficou dois meses sem tomar os medicamentos, por não ter como arcar com estes custos. 

Quem desejar ajudar, pode fazer um depósito de qualquer valor. Os dados para depósito são: Banco do Brasil, agência 2089-3, conta 14048-1, em nome de Genésio Carvalho. Para entrar em contato, o telefone de Genésio é (48) 99697-8562.

Cursos gratuitos levam cultura a Tubarão