Greve dos Correios: em Tubarão, as agências atendiam normalmente
Matéria via Diário do Sul / Postado dia 13-03-2018

Ontem, muitos funcionários dos Correios de Santa Catarina aderiram à mobilização nacional que paralisou as atividades da empresa. A maior parte das agências funcionou parcialmente, com alguns serviços suspensos e outros sem alteração. Em Tubarão, tanto as agências quanto o centro de distribuição operaram normalmente, sem alteração.

Uma assembleia que estava sendo realizada durante toda a tarde de ontem iria decidir pela continuidade ou não da greve no Estado. Mas até o fechamento desta edição, nenhuma decisão havia sido informada.

Os Correios enviaram uma nota oficial para prestar esclarecimentos à sociedade sobre a paralisação de empregados ocorrida ontem. “Mesmo reconhecendo que a greve é um direito do trabalhador, a empresa entende o movimento atual como injustificado e ilegal, pois não houve descumprimento de qualquer cláusula do acordo coletivo de trabalho da categoria. Com o objetivo de ganhar a opinião pública, as representações dos trabalhadores divulgaram uma extensa pauta de reivindicações, que nada têm a ver com o verdadeiro motivo da paralisação de hoje: a mudança na forma de custeio do plano de saúde da categoria”, dizia a nota. 

Ainda segundo a nota, “o assunto foi discutido exaustivamente com as representações dos trabalhadores, desde outubro de 2016, tanto no âmbito administrativo quanto em mediação pelo Tribunal Superior do Trabalho, que apresentou proposta aceita pelos Correios, mas recusada pelas representações dos trabalhadores. Após diversas tentativas de acordo sem sucesso, a empresa se viu obrigada a ingressar com pedido de julgamento no TST”, destaca. 

A nota ainda ressaltava que a paralisação parcial, iniciada ontem por alguns sindicatos da categoria, “ainda não tem reflexos nos serviços de atendimento dos Correios. Até o momento, todas as agências, inclusive nas regiões que aderiram ao movimento, estão abertas e todos os serviços estão disponíveis. Em Santa Catarina, 91,2% do efetivo estadual está presente e trabalhando – ou seja, 3427 empregados. Não temos registro de unidades sem atendimento”, conclui.



Veja Também
Vasco demite Jorginho após apenas dez partidas
Hercílio Luz terá escolinha de futebol em Capivari

Com a intenção de fortalecer as categorias de base no ano do centenário, o Hercílio Luz oficializou ontem sua primeira escolinha de futebol fora de Tubarão. Ela ficará em Capivari de Baixo, e faz parte de um projeto que pretende levar escolinhas a todas as cidades da região.

O Núcleo Capivari de Baixo, como é chamado pelo clube, funcionará junto da Kapiva Soccer. A empresa é de propriedade da família Stang, e já tem uma escolinha para meninos com idade entre seis e 14 anos em funcionamento há quatro anos. A coordenação e administração são feitas por Ricardo e Lucas Stang.

Com a parceria com o clube de Tubarão, a intenção é que os meninos tenham uma oportunidade a mais, passando a integrar, depois, o time Sub-15 do Hercílio Luz.

De acordo com a diretoria, o projeto é o primeiro passo para o novo ciclo do Hercílio Luz, que quer investir forte nas bases e tornar o clube e a região uma referência na formação de atletas. O treinador do time será o professor Muriel Foizer. 

Para marcar a oficialização da Escolinha Hercílio Luz FC - Núcleo Capivari de Baixo, um jogo amistoso será realizado no dia 18 de agosto, às 11h. Ainda neste ano, a meta é abrir outros núcleos na Amurel. Neste primeiro momento, Pescaria Brava, Gravatal e Laguna são possibilidades.

Criada a semana de humanização do parto
Tubarão Futsal joga hoje com o Concordia