Taxa média de desemprego no país bate recorde e fecha 2017 em 12,7%
Matéria via DC / Postado dia 12-02-2018

A taxa de desemprego média de 2017 ficou em 12,7%, segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios - Contínua (PNAD Contínua), divulgados nesta quarta-feira (31), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).  Esse índice é o mais alto da série história da pesquisa.  Como comparação, em 2016, a taxa havia ficado em 11,5%.

Ao analisar apenas o último trimestre do ano passado, a taxa de desemprego mostra um leve tendência de melhora, ficando  em 11,8%.  No trimestre imediatamente anterior (julho a setembro),  havia ficado em 12,4%. Já a taxa do último trimestre de 2016 havia sido de 12%.

Considerando os dados do último trimestre de 2017, a  população desocupada (12,3 milhões) caiu 5% (menos 650 mil pessoas) em relação ao trimestre anterior (13 milhões de pessoas). Em relação a igual trimestre de 2016, quando havia 12,3 milhões de pessoas desocupadas, houve estabilidade.  No entanto,. ao analisar o triênio de  2014 a 2017, a média anual de desocupados passou de 6,7 milhões para 13,2 milhões. 

Cresce trabalho sem carteira assinada

O número de empregados com carteira de trabalho assinada (33,3 milhões) ficou estável frente ao trimestre  de julho a setembro, e recuou 2% (menos 685 mil pessoas) em relação ao mesmo trimestre de 2016.  Analisando-se as médias anuais de 2014 para 2017, esse contingente se reduziu em 3,3 milhões.

Em contra partida , o total de empregados sem carteira de trabalho assinada (11,1 milhões de pessoas) apresentou estabilidade em relação ao trimestre anterior, mas subiu 5,7% (mais 598 mil pessoas) em relação ao mesmo trimestre de 2016. Entre as médias anuais de 2014 para 2017, houve um aumento de 330 mil pessoas nesse contingente.



Veja Também
Tubarão busca adaptação a gramado sintético
Grupo disputa provas de atletismo

Andriele Raiana Zander, Tayra de Lima Luciano, Ellen Fernandes Anfilóquio, Beatriz Rodrigues Bianco e Morgana Matias da Silva, acompanhadas do professor Jemerson Fernandes, seguem hoje para Bragança Paulista, em São Paulo. O grupo é de São Ludgero e vai disputar o Campeonato Brasileiro Caixa de Atletismo Sub-20. O retorno acontece no dia 25 de junho.

A equipe de São Ludgero disputará a prova dos 100 e 200 metros rasos, salto em distância, salto triplo, salto com vara, salto em altura, revezamento 4x100 e revezamento 4x400. O professor Jemerson Fernandes explica que bons resultados na competição poderão garantir bolsa atleta para 2019. “As atletas estão treinando forte, estão focadas e felizes com o apoio da prefeitura de São Ludgero”, enfatiza. 

Ele diz que todos os atletas da Escola Municipal de Atletismo estão cientes da carência de recursos públicos. “Sabemos do esforço que São Ludgero está fazendo para garantir a participação das atletas”, ressalta.

Gravatal tem evento de biodanza

Segue até domingo, em Gravatal, o sétimo Encontro de Ação Social e Biodanza e quarto Encontro de Educação Biocêntrica. O evento trará facilitadores do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Nordeste, Uruguai, Argentina, Chile, Portugal, no salão comunitário ao lado da igreja, em Termas do Gravatal.

Este evento tem o propósito de qualificar profissionais das áreas da educação, assistência social, turismo, saúde e estudantes para práticas e vivências em ações sociais pela dinâmica da Biodança e Educação Biocêntrica. O encontro é itinerante, acontece a cada dois anos, e já ocorreu em Porto Alegre, Córdoba (Argentina) e Gravatal. Esta é a terceira edição no município catarinense.

Empresário Nidal deve ter alta em breve