SC terá número recorde de clubes na Copa do Brasil 2018
Matéria via fcf / Postado dia 07-12-2017

A Copa do Brasil 2018 será especial para o futebol catarinense e para a Federação Catarinense de Futebol. Após contar com seis clubes na edição de 2017 estabelecendo o recorde de participações de clubes catarinenses desde 1989, ano da primeira edição da competição, o futebol catarinense avança mais uma vez na importante competição nacional e terá sete representantes em 2018, novo recorde na disputa!

Com a publicação do Ranking Nacional de Clubes e Federações 2018 na tarde da última 2ª feira (04) e do Regulamento Específico da Copa do Brasil 2018 no dia 1º de dezembro, foram definidos os 91 clubes participantes, dos quais sete serão catarinenses. A Diretoria de Competições da Confederação Brasileira de Futebol confirmou para o dia 15 de dezembro, às 15 horas, na sede da Entidade no Rio de Janeiro, a realização do sorteio para a definição dos confrontos da Primeira Fase da Copa do Brasil 2018.
– VEJA TODAS AS INFORMAÇÕES DA COPA DO BRASIL 2018
Com o encerramento do Campeonato Brasileiro da Série A 2017 e a classificação da Associação Chapecoense de Futebol para a fase preliminar da Copa CONMEBOL Libertadores 2018, na 8ª colocação com 54 pontos, a Chapecoense passa a integrar o Critério 1 do Artigo 2º do Capítulo I do Regulamento Específico da Copa do Brasil.

Consequentemente o Brusque FC ingressará na Copa do Brasil de 2018 preenchendo as vagas do Critério 2, relativo aos setenta(70) clubes oriundos dos campeonatos estaduais, por ter sido o 4º colocado do Catarinense Série A 2017, se juntando ao vice-campeão, Avaí FC e ao 3º colocado Criciúma EC.

A Federação Catarinense de Futebol manteve a 5ª colocação no Ranking Nacional de Federações com 35.264 pontos e permanece com quatro vagas destinadas no Critério 2, classificação pelos certames estaduais. Três vagas são reservadas aos três primeiros colocados do Campeonato Catarinense da Série A e uma para o campeão da competição a ser designada pela FCF, a Copa Santa Catarina. O Clube Atlético Tubarão, conquistou a Copa Santa Catarina 2017 e ingressa na Copa do Brasil 2018 pela conquista da competição estadual.

Outros dois clubes filiados ingressarão na Copa do Brasil 2018 pelo Critério 3 do Artigo 2º do Capítulo I do Regulamento Específico da Copa do Brasil 2018: pertencer ao grupo dos dez (10) clubes oriundos do Ranking Nacional de Clubes 2018. Figueirense FC e Joinville EC participarão da competição nacional através desse critério. O Figueirense FC é o 19º colocado no RNC/CBF com 7.555 pontos e o Joinville EC ficou como 30º colocado no RNC/CBF com 4.805 pontos.

Mudanças na competição
A Confederação Brasileira de Futebol elaborou o Regulamento Específico da Competição (REC) da Copa do Brasil 2018, com todos os detalhes para a disputa da próxima edição. O formato foi mantido, mas o documento traz uma grande novidade: não haverá gol qualificado em nenhuma das fases. Ou seja, os gols marcados na casa do adversário não valem mais como critério de desempate.

Atendendo aos pedidos dos clubes, a data limite para inscrição de jogadores foi ampliada na Copa do Brasil. O prazo deste ano foi o dia 24 de abril. Em 2018, as equipes poderão receber novos atletas até 30 de julho, antes das Quartas de Final.

Ainda que o Regulamento Específico esteja sendo divulgado nesta sexta-feira (1º), todos os participantes da competição serão conhecidos após a conclusão do Brasileirão – Série A e da Copa Sul-Americana, pois os resultados influenciam no Ranking da CBF, que é base para definição de clubes classificados e sorteio dos confrontos.

Prêmio recorde
Em termos de premiação por desempenho, a Copa do Brasil será a principal competição a partir de 2018. Serão R$ 50 milhões destinados ao campeão, outros R$ 20 milhões ao vice-campeão, R$ 8 milhões aos clubes semifinalistas, além de R$ 4 milhões pela participação nas quartas de final, valores sem precedentes na América do Sul. Somando as cotas das fases anteriores ao prêmio pelo título, o campeão pode faturar até R$ 68,7 milhões, considerando que participe desde a primeira fase.



Veja Também
Arma é apreendida dentro de veículo após abordagem em festa
Karateca tubaronense disputa Sul-Americano

Ontem, Nícolas de Souza viajou mais uma vez para defender as cores do país em uma competição internacional. O jovem karateca disputa pelo terceiro ano consecutivo o Sul-Americano da modalidade com a Seleção Brasileira, e acumula ótimos desempenhos, além de experiências muito importantes.

Aos 12 anos, Nícolas garantiu a vaga com a idade mínima para fazer parte da seleção e ainda comemorou o título de campeão. Aos 13, mais uma vez representando o Brasil na competição, foi o vice-campeão de sua categoria. Agora, com 14, segue mais uma vez em busca do pódio.

“É com muito orgulho que tenho a honra de poder representar meu país em mais um evento internacional. Estou muito feliz, pois é o meu terceiro ano consecutivo na Seleção Brasileira. Treinei muito e estou preparado para fazer o meu melhor”, revela.

“Aproveito para agradecer o apoio e a torcida de todos que estão sempre comigo. Sem a participação de todos os envolvidos, isso não seria possível”, ressalta Nícolas.

O Sul-Americano ocorre de hoje até domingo, em Guayaquil, no Equador, e reúne atletas nas disputas das categorias Sub-14, Cadete, Júnior, Sub-21 e Sênior. “As expectativas para este campeonato são boas, porém disputo uma categoria diferente e pode ter sempre surpresas. No entanto, darei meu máximo para representar bem meu país em mais um campeonato deste nível”, finaliza Nícolas.

Mulher precisa de ajuda para tratamento de câncer

A dona de casa Mércia Carvalho, de Gravatal, está precisando de ajuda. Com câncer no fígado e sem condições financeiras para arcar com o tratamento, ela precisa da colaboração de todos para continuar vivendo. O marido, Genésio, precisou parar de trabalhar para ajudar a esposa em seu tratamento.

Uma rede de solidariedade se formou nas redes sociais para tentar minimizar a dor de Mércia e sua família. O marido está afastado do trabalho há 14 meses, em busca da cura para sua esposa, e para ajudá-la em tudo o que precisa, já que a doença está em um estágio avançado. 

Mércia precisa tomar vitaminas e medicamentos importados contra o câncer, e não possui condições financeiras. Amigos da família contam que ela já ficou dois meses sem tomar os medicamentos, por não ter como arcar com estes custos. 

Quem desejar ajudar, pode fazer um depósito de qualquer valor. Os dados para depósito são: Banco do Brasil, agência 2089-3, conta 14048-1, em nome de Genésio Carvalho. Para entrar em contato, o telefone de Genésio é (48) 99697-8562.

Cursos gratuitos levam cultura a Tubarão