Mãe questiona morte após endoscopia
Matéria via Diário do Sul / Postado dia 12-08-2017

A moradora de Imbituba Jucema Souza divulgou nesta semana um vídeo no qual expressa sua dor pela morte do filho Wagner Duarte, de 34 anos.

De acordo com o relato da mãe no vídeo, após realizar uma endoscopia - exame feito por meio de um tubo inserido pela boca e que permite a observação dos órgãos - no dia 4 de agosto, Wagner teria passado mal e falecido em função de uma infecção generalizada.

O exame foi realizado na Clínica Pró-Vida, em Tubarão. Segundo a mãe afirma, Wagner teria saído bem do local e retornado para casa normalmente, sem demonstrar reações, mas ela notou uma mancha no olho do filho.

Depois de algumas horas, Jucema aponta que o rapaz apresentou mal-estar e acabou sendo levado para o Hospital São Camilo, em Imbituba, onde recebeu atendimento e realizou exames. Segundo a mãe, foi identificado que o filho teria uma perfuração na região do estômago e necessitaria de uma cirurgia, mas ele não resistiu, falecendo no dia seguinte. A morte teria sido em função de uma infecção generalizada. Wagner era casado e tinha uma filha de 13 anos.


Clínica nega relação entre exame e morte

A Clínica Pró-Vida apontou, através de comunicado da diretoria, que “o exame foi realizado em condições normais e dentro de todas as normas de segurança internacionais exigidas. Após a realização do exame e consequente repouso, o paciente foi liberado sem queixas e acompanhado por familiar”.

Acerca da acusação de suposta perfuração do estômago do paciente, a clínica explica que, em exame de diagnóstico, esta seria percebida imediatamente pelo médico, e geraria uma sintomatologia de dor intensa, portanto, não compatível com a evolução do quadro clínico apresentado. “Dessa forma, não se estabelece nexo entre o exame realizado no período da manhã e com o quadro clínico do paciente apresentado ao fim da noite”.

O comunicado enfatiza ainda que “cumpre registrar que a Clínica Pró-Vida e o médico Darlan de Medeiros Kestering possuem vasta experiência em exames clínicos, especificamente no de endoscopia”. Por fim, informam que aguardam elucidação dos fatos, tendo a certeza que não ocorreu qualquer falha no atendimento ao paciente, tanto da Pró-Vida como pelo médico Darlan.



Veja Também
Criciúma sai na frente, mas cede empate ao Oeste no Heriberto Hülse
Chapecoense surpreende fora de casa e vence o Palmeiras
Unisul lança programa nesta semana com diversos eventos

Entre hoje e o próximo sábado, a Unisul lança o Programa Unisul de Educação em Direitos Humanos e Educação das Relações Étnico-Raciais. Para marcar o lançamento institucional, os campi produziram uma programação com eventos diversos: exposições, palestras, mostras, entre outros. A programação é aberta ao público externo e a entrada é gratuita.
Atuando na promoção da democracia, da cidadania e dos direitos humanos, o programa, por meio de projetos, pesquisas e campanhas comunitárias, constrói e dissemina a cultura de respeito aos direitos humanos e das relações étnico-raciais, formando cidadãos para uma sociedade livre, democrática e de respeito às diferenças étnica, cultural, religiosa, de gênero, de orientação sexual e de opção política. “Este programa aproxima ainda mais a Unisul da comunidade externa, com uma educação que efetivamente contribui para a melhoria da vida em sociedade”, destaca o reitor da Unisul, professor Mauri Luiz Heerdt.
O movimento se efetiva por meio de ações desenvolvidas no âmbito do ensino, da pesquisa, da extensão e da gestão universitária. Estas ações são integradas, porém descentralizadas no âmbito das direções e gerências dos campi, promovendo a transversalidade dos temas do programa na universidade. Assim como a educação, o programa também é um processo dinâmico, em permanente construção, e está aberto a reflexões, debates e reformulações.

Jovem de 23 anos é atingido por tiros em Treze de Maio

Um jovem de 23 anos foi atingido por sete tiros durante tentativa de homicício. O crime ocorreu na madrugada de sábado, em Treze de Maio, na estrada geral da comunidade de São João de Urussanga Baixa.
De acordo com a polícia, o jovem foi encaminhado ao hospital de Treze de Maio por volta das 5h, sendo transferido, em seguida, para o Hospital Nossa Senhora da Conceição, em Tubarão, em virtude dos ferimentos graves. O jovem foi atingido na cabeça, braço e tórax (costas). 
Segundo familiares, ele estava retornando para casa de motocicleta quando foi atingido pelos disparos. A motivação do crime ainda é desconhecida e investigada pela polícia, que está também buscando informações sobre os suspeitos.
Até o fechamento desta edição, a vítima seguia internada e seu estado de saúde permanecia o mesmo.