Pai que agrediu filho é condenado a 28 anos
Matéria via Diário do Sul / Postado dia 19-05-2017

Vinte e oito anos de prisão. Essa foi a sentença dada pelo júri a Felipe da Rosa Machado, de 24 anos, acusado de ter agredido seu filho recém-nascido em janeiro de 2016. A sentença, após 12 horas de julgamento, foi proferida no fim da noite de quarta-feira em Orleans.

Felipe foi condenado por duas tentativas de homicídio triplamente qualificadas: por motivo torpe e fútil, meio cruel e ameaça contra a ex-companheira. As agressões aconteceram na comunidade de Rio Novo, no interior de Orleans, e o réu ainda poderá recorrer em liberdade.

O júri foi presidido pelo juiz da comarca de Braço do Norte, Fernando Machado Carboni, e contou com apoio da Polícia Militar. O menino, hoje com mais de um ano de idade, vive com sequelas em função das agressões. Ele perdeu a visão do olho esquerdo e, conforme relatos da mãe, há comprometimento dos movimentos dos membros superiores e inferiores.



Veja Também
JEC aguarda instalação de geradores na Arena para enfrentar o Tupi esta noite
Criciúma recebe hoje o América-MG com meta de somar os primeiros pontos
Tubarão Futsal enfrenta o Foz Cataratas hoje à noite
Assaltante procurado é preso em Tubarão

Um dos assaltantes mais procurados de Tubarão foi preso ontem à tarde, pela Polícia Civil, por meio da Divisão de Combate a Furtos e Roubos.

O jovem, de 18 anos, é acusado de ser um dos envolvidos no assalto a uma marcenaria no bairro São Martinho. O crime foi praticado no último dia 5 de maio por quatro pessoas, que levaram do local cerca de R$ 40 mil.

A operação foi deflagrada na manhã de ontem para cumprir mandado de prisão preventiva. De acordo com os policiais, ele é um dos assaltantes mais procurados da Cidade Azul e possui inúmeras passagens por roubo, porte de arma e homicídios.

No assalto à marcenaria, o quarteto efetuou disparos contra funcionários e o proprietário do estabelecimento e o fato foi registrado como latrocínio tentado.

De acordo com o delegado André Crisóstomo, as investigações foram encerradas e os quatro autores do crime já foram identificados. Dois deles já foram capturados e a polícia permanece em busca dos outros dois assaltantes.