Colisão mata motociclista na SC-100
Matéria via Diário do Sul / Postado dia 19-05-2017

Um acidente registrado na madrugada de ontem tirou a vida de um motociclista. Leandro Goulart Costa, 34 anos, não resistiu aos ferimentos após ter a moto atingida por um veículo Saveiro. O choque aconteceu por volta das 4h50, na SC-100, rodovia que liga o balneário Camacho à região central de Jaguaruna.

De acordo com a polícia, Leandro seguia em uma CG Titan com placa de Jaguaruna quando esta foi atingida na traseira pelo outro veículo, também com placas de Jaguaruna. O motorista do carro afirmou aos policiais que a iluminação traseira da motocicleta estava inoperante, dificultando a visualização. O motociclista morreu no local.

Foi feito teste do bafômetro no motorista da Saveiro e ficou comprovado que não houve ingestão de bebida alcoólica. O Corpo de Bombeiros Voluntários de Jaguaruna chegou a ser acionado para a ocorrência, mas Leandro já estava em óbito. O cadáver foi recolhido pelo Instituto Médico-Legal (IML) de Tubarão.

Horas antes, nas estradas da região, outros dois acidentes foram registrados envolvendo motociclistas. Um em Braço do Norte e um em São Ludgero. Os dois por volta das 21h40 de quarta-feira.

Em São Ludgero, um motociclista de 21 anos ficou ferido após colidir na traseira de uma Kombi após o veículo parar para a passagem de pedestres. A colisão aconteceu na r. Padre Roher. O jovem ficou desacordado até a chegada do Corpo de Bombeiros. Segundo a guarnição, mesmo com a gravidade do acidente a vítima sofreu apenas escoriações pelo corpo.


Motorista foge após batida

Já em Braço do Norte, um motociclista de 20 anos ficou gravemente ferido ao colidir frontalmente contra um Corsa. O acidente aconteceu na avenida Felipe Schmidt, próximo ao bairro Trevo. O motorista do carro, segundo a polícia, fugiu do local. Já o motociclista foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros com suspeita de fratura na perna direita. Nos dois acidentes, as vítimas foram conduzidas para o Hospital Santa Teresinha, de Braço do Norte.



Veja Também
Arma é apreendida dentro de veículo após abordagem em festa
Karateca tubaronense disputa Sul-Americano

Ontem, Nícolas de Souza viajou mais uma vez para defender as cores do país em uma competição internacional. O jovem karateca disputa pelo terceiro ano consecutivo o Sul-Americano da modalidade com a Seleção Brasileira, e acumula ótimos desempenhos, além de experiências muito importantes.

Aos 12 anos, Nícolas garantiu a vaga com a idade mínima para fazer parte da seleção e ainda comemorou o título de campeão. Aos 13, mais uma vez representando o Brasil na competição, foi o vice-campeão de sua categoria. Agora, com 14, segue mais uma vez em busca do pódio.

“É com muito orgulho que tenho a honra de poder representar meu país em mais um evento internacional. Estou muito feliz, pois é o meu terceiro ano consecutivo na Seleção Brasileira. Treinei muito e estou preparado para fazer o meu melhor”, revela.

“Aproveito para agradecer o apoio e a torcida de todos que estão sempre comigo. Sem a participação de todos os envolvidos, isso não seria possível”, ressalta Nícolas.

O Sul-Americano ocorre de hoje até domingo, em Guayaquil, no Equador, e reúne atletas nas disputas das categorias Sub-14, Cadete, Júnior, Sub-21 e Sênior. “As expectativas para este campeonato são boas, porém disputo uma categoria diferente e pode ter sempre surpresas. No entanto, darei meu máximo para representar bem meu país em mais um campeonato deste nível”, finaliza Nícolas.

Mulher precisa de ajuda para tratamento de câncer

A dona de casa Mércia Carvalho, de Gravatal, está precisando de ajuda. Com câncer no fígado e sem condições financeiras para arcar com o tratamento, ela precisa da colaboração de todos para continuar vivendo. O marido, Genésio, precisou parar de trabalhar para ajudar a esposa em seu tratamento.

Uma rede de solidariedade se formou nas redes sociais para tentar minimizar a dor de Mércia e sua família. O marido está afastado do trabalho há 14 meses, em busca da cura para sua esposa, e para ajudá-la em tudo o que precisa, já que a doença está em um estágio avançado. 

Mércia precisa tomar vitaminas e medicamentos importados contra o câncer, e não possui condições financeiras. Amigos da família contam que ela já ficou dois meses sem tomar os medicamentos, por não ter como arcar com estes custos. 

Quem desejar ajudar, pode fazer um depósito de qualquer valor. Os dados para depósito são: Banco do Brasil, agência 2089-3, conta 14048-1, em nome de Genésio Carvalho. Para entrar em contato, o telefone de Genésio é (48) 99697-8562.

Cursos gratuitos levam cultura a Tubarão