Tubaronense se destaca com trabalho em mosaicos
Matéria via Diário do Sul / Postado dia 19-05-2017

Paisagens, desenhos abstratos, escudos de times de futebol. Estes são alguns dos temas usados pelo tubaronense Francisco de Assis Silva, de 55 anos, para a produção de mosaicos com cerâmica. O trabalho dele, produzido na Cidade Azul, já foi enviado para diversas partes do país.

Francisco conta que a produção começou há pouco mais de 15 anos, como um hobby. “Refiz um mosaico que tinha feito com papel, quando ainda era estudante, da Catedral de Tubarão. A partir daí comecei a tomar gosto e a realizar esse trabalho regularmente”, lembra.

Os mosaicos com símbolos de times de futebol são os mais solicitados. “O primeiro que eu fiz foi do Ferroviário, antigo time de futebol de Tubarão. O trabalho caiu no gosto das pessoas e acabei fazendo vários outros em seguida”, conta.

Da cidade, a Liga Tubaronense de Futebol e o Hercílio Luz já foram homenageados com mosaicos. “Agora quero fazer um do Atlético Tubarão”, revela Francisco.

Ainda no esporte, Flamengo, Botafogo, Fluminense e Grêmio são outros clubes que tiveram os emblemas registrados em cerâmica. “As pessoas também costumam pedir escudos personalizados, com o nome do torcedor”, diz.

O trabalho já ganhou capas de livros – quatro obras da Editora Unisul trazem em suas capas mosaicos feitos por Francisco – e foi enviado para outros Estados, como Rio Grande do Sul, Paraná e Bahia.

Geralmente, cada mosaico leva em torno de 30 dias para ficar pronto, já que a atividade continua sendo um hobby para Francisco, que se dedica à arte apenas nos fins de semana.

Ele também destaca que os trabalhos têm como diferencial o fato de todos os pisos e azulejos usados serem lixados, para que não ofereçam riscos. “Se não for lixado, o piso cerâmico pode machucar, cortar”, comenta.

Para saber mais sobre o trabalho, basta acessar o site www.elo7.com.br/mosaikikos/produtos.



Veja Também
Criciúma sai na frente, mas cede empate ao Oeste no Heriberto Hülse
Chapecoense surpreende fora de casa e vence o Palmeiras
Unisul lança programa nesta semana com diversos eventos

Entre hoje e o próximo sábado, a Unisul lança o Programa Unisul de Educação em Direitos Humanos e Educação das Relações Étnico-Raciais. Para marcar o lançamento institucional, os campi produziram uma programação com eventos diversos: exposições, palestras, mostras, entre outros. A programação é aberta ao público externo e a entrada é gratuita.
Atuando na promoção da democracia, da cidadania e dos direitos humanos, o programa, por meio de projetos, pesquisas e campanhas comunitárias, constrói e dissemina a cultura de respeito aos direitos humanos e das relações étnico-raciais, formando cidadãos para uma sociedade livre, democrática e de respeito às diferenças étnica, cultural, religiosa, de gênero, de orientação sexual e de opção política. “Este programa aproxima ainda mais a Unisul da comunidade externa, com uma educação que efetivamente contribui para a melhoria da vida em sociedade”, destaca o reitor da Unisul, professor Mauri Luiz Heerdt.
O movimento se efetiva por meio de ações desenvolvidas no âmbito do ensino, da pesquisa, da extensão e da gestão universitária. Estas ações são integradas, porém descentralizadas no âmbito das direções e gerências dos campi, promovendo a transversalidade dos temas do programa na universidade. Assim como a educação, o programa também é um processo dinâmico, em permanente construção, e está aberto a reflexões, debates e reformulações.

Jovem de 23 anos é atingido por tiros em Treze de Maio

Um jovem de 23 anos foi atingido por sete tiros durante tentativa de homicício. O crime ocorreu na madrugada de sábado, em Treze de Maio, na estrada geral da comunidade de São João de Urussanga Baixa.
De acordo com a polícia, o jovem foi encaminhado ao hospital de Treze de Maio por volta das 5h, sendo transferido, em seguida, para o Hospital Nossa Senhora da Conceição, em Tubarão, em virtude dos ferimentos graves. O jovem foi atingido na cabeça, braço e tórax (costas). 
Segundo familiares, ele estava retornando para casa de motocicleta quando foi atingido pelos disparos. A motivação do crime ainda é desconhecida e investigada pela polícia, que está também buscando informações sobre os suspeitos.
Até o fechamento desta edição, a vítima seguia internada e seu estado de saúde permanecia o mesmo.