Expectativa para a temporada da tainha
Matéria via Diário do Sul / Postado dia 20-04-2017

A temporada de pesca artesanal da tainha só inicia dia 1º de maio, mas, de acordo com pescadores da Amurel, os cardumes já estão chegando ao litoral. Isso acaba gerando prejuízo, já que a pesca só estará liberada na primeira semana de maio.

“Há cerca de quatro anos, a pesca da tainha era liberada o ano inteiro e isso estava acabando com a espécie. Com o defeso, a cada ano a gente consegue pescar mais. No entanto, os peixes estão vindo mais cedo este ano, mas ainda não podemos pescar e dependemos disso”, lamenta o pescador Mago, do Farol de Santa Marta, em Laguna.

Este ano, a temporada de pesca artesanal da tainha em Santa Catarina irá começar 15 dias antes, ou seja, no dia 1º de maio. “Nossa expectativa é das melhores possíveis. Ano passado, aqui no Farol, foram capturadas cerca de 40 toneladas em um só dia”, conta o pescador.

A expectativa deste ano é capturar mais de 2 mil toneladas de peixe até o fim da safra, que vai até 31 de junho. “Só acho que é pouco tempo para a gente pescar, ainda mais nós, que somos pescadores artesanais que sobrevivemos disso”, ressalta Mago.

O Estado catarinense tem o maior polo pesqueiro do país e emprega mais de 60 mil pessoas.



Veja Também
SC registra temperaturas negativas pelo sexto dia seguido
Delegação viaja para Joguinhos

A delegação tubaronense que vai participar da fase estadual dos Joguinhos Abertos de Santa Catarina embarca na manhã deste sábado rumo à cidade de Caçador, sede da competição.

Ao todo, 81 municípios confirmaram a participação na etapa. Tubarão contará com uma delegação composta por 130 pessoas, divididas nas modalidades de Handebol, Futsal, Atletismo, Karate, Judô e equipe de apoio da Fundação Municipal de Esportes (FME).

A cerimônia de abertura será realizada no Ginásio do Sesi, na noite de sábado, e as competições têm início no domingo.

Federação confirma a realização da Copa SC

A Federação Catarinense de Futebol (FCF) confirmou a realização da Copa Santa Catarina 2017. Representantes dos dez clubes que participaram do Catarinense deste ano, entre eles o Atlético Tubarão, reúnem-se na segunda-feira,  na sede da entidade, para definir a forma de disputa da competição.

A FCF irá propor para que a Copa SC 2017 inicie no dia 1º de outubro. O principal atrativo da competição é uma vaga destinada ao campeão na Copa do Brasil 2018.

A respeito da vaga na Copa do Brasil, a FCF informou que é  a 5ª colocação no Ranking Nacional de Federações da CBF, com 35.720 pontos. O Estado tem direito a quatro vagas na Copa do Brasil, e as três primeiras foram definidas na classificação do Catarinense: Chapecoense, campeã, Avaí, vice-campeão, e Criciúma, terceiro colocado.

Independentemente do formato de disputa, caso o campeão da Copa SC 2017 seja um dos clubes já detentores da vaga, uma equipe que não tenha a participação assegurada na competição nacional será indicada pelo critério técnico.

O gerente do Departamento de Competições da FCF, Fábio Marcel Nogueira, falou sobre a expectativa da Copa Santa Catarina 2017.

“A Copa Santa Catarina volta ao calendário de competições após três anos e volta com imensa motivação para os clubes, já que garante uma vaga na Copa do Brasil em 2018. Vamos aguardar o número de clubes para idealizarmos uma forma de disputa interessante”, comentou.

Durante a semana, de olho no campeonato, o Peixe já anunciou a contratação de três reforços. O técnico Waguinho Dias, que comandou o time na Série A estadual, também já foi confirmado.

Hercílio confia no ataque para buscar vitória