Expectativa para a temporada da tainha
Matéria via Diário do Sul / Postado dia 20-04-2017

A temporada de pesca artesanal da tainha só inicia dia 1º de maio, mas, de acordo com pescadores da Amurel, os cardumes já estão chegando ao litoral. Isso acaba gerando prejuízo, já que a pesca só estará liberada na primeira semana de maio.

“Há cerca de quatro anos, a pesca da tainha era liberada o ano inteiro e isso estava acabando com a espécie. Com o defeso, a cada ano a gente consegue pescar mais. No entanto, os peixes estão vindo mais cedo este ano, mas ainda não podemos pescar e dependemos disso”, lamenta o pescador Mago, do Farol de Santa Marta, em Laguna.

Este ano, a temporada de pesca artesanal da tainha em Santa Catarina irá começar 15 dias antes, ou seja, no dia 1º de maio. “Nossa expectativa é das melhores possíveis. Ano passado, aqui no Farol, foram capturadas cerca de 40 toneladas em um só dia”, conta o pescador.

A expectativa deste ano é capturar mais de 2 mil toneladas de peixe até o fim da safra, que vai até 31 de junho. “Só acho que é pouco tempo para a gente pescar, ainda mais nós, que somos pescadores artesanais que sobrevivemos disso”, ressalta Mago.

O Estado catarinense tem o maior polo pesqueiro do país e emprega mais de 60 mil pessoas.



Veja Também
Chapecoense vence a Ponte Preta e abre vantagem do Z-4
Incêndio atinge granja

Uma granja de manipulação de ração para suínos foi atingida por um incêndio por volta das 23h de sexta-feira. O Corpo de Bombeiros de Braço do Norte foi acionado para atender a ocorrência.
As chamas atingiram cerca de 20 dos 100 metros quadrados do local de manipulação de ração. Foram usados 800 litros de água para combater as chamas.
De acordo com os bombeiros, a estrutura possuía quatro granjas de suínos. Não houve feridos.

Corrida Unimed reúne 500 pessoas
Hercílio Luz vence Camboriú por 2 a 1