Casan tem pedido de liminar negado e interventor toma posse em Laguna
Matéria via Sulagora / Postado dia 24-01-2020

A Casan teve negado pela Justiça o pedido de liminar que visava impedir o acesso do interventor na agência de Laguna. A decisão foi do juiz da 2° Vara Cível da comarca, Pablo Vinicius Araldi, e o interventor Carli do Carmo tomou posse na tarde desta quinta-feira (23).

 

"A expedição do Decreto 6169/2020 pelo senhor prefeito municipal se encontra dentro de sua esfera de competência, sendo o ato normativo plenamente válido, não se verificando violação a direito líquido e certo da impetrante”, escreveu o juiz na decisão, reconhecendo a validade da intervenção.

Na prática, será realizada uma auditoria com intuito de elaborar um diagnóstico sobre a situação e quais os motivos do município não ter um sistema de esgoto de qualidade, mesmo com os investimentos da empresa na cidade, com aporte de recursos públicos.

 

Serão coletadas em 180 dias informações junto com os técnicos da Casan sobre a rede coletora e as causas dos problemas, incluindo os constantes vazamentos de esgoto. Depois disso, não está descartada a instauração de um processo administrativo para o fim da concessão com a estatal.



Veja Também
Três propostas são entregues para leilão de concessão do trecho sul da BR-101
Cemitério está em estado de abandono em Jaguaruna
Rede Municipal de Ensino está preparada para início do ano letivo
“Lombadão” e calçada serão construídos na SC-370, no São Martinho