Projeto trata sobre cuidados e bem-estar animal
Matéria via DS / Postado dia 15-05-2019
Começou na Combemtu (Associação de Atendimento à Criança e ao Adolescente de Tubarão) a 2ª Edição do projeto educativo Clube de Proteção Animal. O projeto se caracteriza como uma das possibilidades de interagir com os cerca de 52 educandos com faixa etária entre nove e 13 anos de idade. “Pretendemos instrumentalizar a instituição para adotar estratégias contínuas de prevenção aos maus-tratos contra os animais e mobilizar os educandos para a cultura da paz e da não violência”, explica Tânia Fernandes, pedagoga voluntária do Coletivo de Proteção Animal. “Esta não é uma causa apenas dos protetores e Ongs, mas deve ser uma agenda propositiva do município”, reforça Tânia. Sobre as atividades A primeira intervenção foi mediada pela psicóloga e vice-presidente da Movimenta-Cão, Marcele Bressane. As demais atividades serão realizadas hoje e nos dias 20, 22, 27 e 29 de maio. O Coletivo de Proteção Animal conta com o apoio da Agropecuária Nunes, Clínica de Castração HS, Combemtu, Fundação de Educação, Fundação do Meio Ambiente, Fundação de Saúde, Movimenta-Cão, Polícia Civil, Segunda Chance e Yamamoto Adestramento.


Veja Também
Florianópolis Justiça decreta prisão de mulher suspeita de matar marido coronel da PM
Família de brasileiros mortos no Chile pretende fazer velório coletivo em SC
Previsão Tempo fica instável com aberturas de sol e nuvens nesta sexta-feira em SC
Reta final do Estadual serve de inspiração para time